A auto-estima e as dependências

“Gostar de mim? Nunca pensei nisso … sinto-me bem é a ajudar os outros, a cuidar deles … eles é que são importantes.” – será que pensa assim? conhece quem pense assim?

Nas relações de namoro / casal, nas relações familiares, encontra-se muitas vezes a tendência para viver em função do outro, para a dependência, que acontece sem intenção e sem autoconsciência. Abandoná-la não é tarefa simples, já que as dependências têm papéis específicos nas nossas vidas. Apenas começa, a partir de determinada altura, a sentir-se que algo não está bem, que há algo que falta ou que não faz sentido.

Um dos primeiros passos para a libertação da dependência é promover a auto-estima, o amor-próprio. Embora o desenvolvimento do amor-próprio seja algo primordial, o facto é que nunca nos é ensinado como o fazer! Pelo contrário, em crianças ouvimos vezes sem conta “não sabes o que dizes”, “ não sabes como se faz, deixa!”, “não és capaz de …” …

É com o objetivo de alcançar a realização pessoal, aprendendo a gostar de si e transformando as emoções autofrustrantes, que vou promover o workshop Amor próprio e dependências psicológicas. Apareça e cuide de si, amando-se!

Onde: Confraria Vermelha Livraria de Mulheres, Rua dos Bragas, 32, 4050-122 Porto

Quando: 27 janeiro/2016 (15/18h)

Informações e inscrições: 22 098 6816